Uma em cada 12 pessoas no mundo pode ter hepatite B ou C, sem saber. Não há sintomas e o vírus não é detectado em exames de rotina. Tem certeza que você não tem? Faça o exame, é gratuito.

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Todos os infectados com hepatite C receberão tratamento gratuito pelo SUS

O Ministério da Saúde anunciou ontem, 27 de julho, que o SUS fornecerá nos próximos dois anos tratamento gratuito para todos os infectados com o vírus da hepatite C, independente do grau de comprometimento do fígado. E sim, estamos falando de medicamentos com 90% de chance de cura e sem efeitos colaterais consideráveis.  


Até o final de 2017, todos os casos F3 e F4 diagnosticados terão sido contemplados com o tratamento. A previsão é que os diagnosticados com F2 serão plenamente atendidos no primeiro semestre de 2018. Todos os demais casos serão contemplados integralmente no período de dois anos.

Se você for F0 e F1, não se preocupe: a evolução da fibrose é muito lenta, muito mesmo. Isso quer dizer que em dois anos você não terá complicações hepáticas como consequência da hepatite C. Ou seja, não há risco em aguardar.    

O Ministério da Saúde também divulgou o Boletim Epidemiológico de Hepatites Virais 2017, cujos dados podem ser acessados em: INDICADORES E DADOS BÁSICOS DA HEPATITES NOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS

Em 8 anos de Animando-C, esta é a segunda das três notícias que sempre desejei escrever. 

A primeira, foi anunciar a minha cura

Hoje, neste Dia Mundial da Hepatite 2017, tenho os olhos cheios de lágrimas para compartilhar a universalização do tratamento.

Só falta agora o post intitulado "A Hepatite C é erradicada no mundo". Encontrar e diagnosticar os infectados, que sempre foi uma bandeira dos ativistas, passa agora a ser o maior desafio do País. E isso é tarefa urgente, uma vez que a doença está cada vez mais avançada: a maior parte das infecções ocorreu na década de 80, sendo três décadas de agressão ao fígado dos infectados. Veja abaixo os dados preocupantes publicados ontem pelo Departamento de IST, HIV/Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde:  
MORTES - Dados da Organização Mundial da Saúde apontam que as hepatites virais causaram 1,4 milhões de mortes em 2015, no mundo. A maioria delas está ligada à doença hepática crônica (720 mil mortes por cirrose) e câncer de fígado primário (470 mil mortes devido à carcinoma hepatocelular). No ano passado, foram registrados no Brasil 2.541 óbitos provocados por hepatites virais, sendo que 79,8% (2.028) das mortes estiveram relacionadas à hepatite C.
          
Cada um de nós é essencial nessa luta: converse com sua família e amigos. Sugira que eles peçam o exame de hepatite C na próxima consulta médica. 

Inspiremo-nos no vídeo abaixo, parte de uma campanha apoiada pela Sociedade Brasileira de Hepatologia e pela Sociedade Brasileira de Infectologia, que pede aos colegas médicos de todas as especialidades que solicitem o anti-HCV a seus pacientes.



Atualização em 17/08/2017: Como confiar em governo golpista? Autoridade em hepatite C denuncia falta de medicamentos no Brasil.

Fontes: 

0 comentário(s):

Postar um comentário

Oi! Que legal que vc vai escrever alguma coisa! Assim, vc ajuda a "dar alma" ao blog.
Gostou? Não gostou? Quer dar sua opinião? Acrescentar mais alguma coisa? Compartilhar sua experiência? Será muito bem-vindo!
Um abraço!


PS: Fique atento que os comentários são indexados pelo Google. Portanto, se você quiser permanecer anônimo, não comente usando sua conta do Google, mas sim como "anônimo" ou com um nome fictício, ok?