Uma em cada 12 pessoas no mundo pode ter hepatite B ou C, sem saber. Não há sintomas e o vírus não é detectado em exames de rotina. Tem certeza que você não tem? Faça o exame, é gratuito.

domingo, 19 de abril de 2009

Eu e a Hepatite C

Sou uma pessoa de bem com a vida, com muito amor no coração, que adora ajudar as pessoas. Confesso que sou meio careta (e já era assim mesmo adolescente). Nunca bebi, fumei nem fiz uso de drogas ilícitas. Era a maior cdf. Como namorar era pra casar, pra mim não tinha essa história de "ficar" (por mais que eu fosse assediada). Sempre me encaixei naquele "modelito família", buscando ser a filha, a esposa e a mãe perfeitas. Sou muito ativa e adoro me envolver com as coisas. Sou apaixonada por tudo o que faço e, por isso, meu olho brilha quando falo dos meus projetos. Acredito nas pessoas e acredito que ainda teremos um mundo melhor - mas que cada um precisa arregaçar as mangas e fazer a sua parte para que isso aconteça. Todos somos responsáveis.

20 anos com o vírus da Hepatite C no meu sangue, sem ter idéia disso. As taxas TGO e TGP davam alteradas há algum tempo, mas os médicos diziam que "era algum remédio que eu havia tomado" (como sou muito alérgica, tomava anti-histamínicos com frequencia mesmo). Até que fui investigar umas cólicas fortes que sentia à noite: ginecologista, ortopedista e gastro. As dores não tinham nada a ver com a hepatite, mas me levaram a fazer dezenas de exames, dentre os quais o anti-HCV (e, incrivelmente, as cólicas passaram tão logo eu fui diagnosticada com a doença).

Quando vi aquele resultado POSITIVO, perdi o chão. Lembro que pensei: "não acredito que isso esteja acontecendo". Eu não tinha sintoma algum! Chorei três dias sem parar, que nem criança. Tirei uma semana de licença do trabalho. E pesquisei, pesquisei, pesquisei. Descobri que na internet tem muita coisa boa, mas também tem muito lixo. Como as pessoas acabam focando apenas "na desgraça", fiquei ainda mais desesperada. Tinha 27 anos.
Eu queria fazer o tratamento logo, apesar de tudo o que lia sobre os efeitos colaterais: desejava me livrar o quanto antes daquele pesadelo! Mas não pude me tratar na época (2005), porque eu não atendia aos critérios estabelecidos pelo SUS e seguidos também pelo meu plano de saúde - minha biópsia hepática revelou que tinha fibrose F1, o que queria dizer que meu fígado não estava "suficientemente comprometido". Foi muito humilhante ter o tratamento negado, principalmente por saber que, quanto mais comprometido o fígado, menores são as chances de cura. Quer dizer que eu tenho que piorar para poder me tratar? Sendo que isso diminuiria as minhas chances de cura, que já não eram lá essas coisas?

Mas hoje vejo que foi a melhor coisa que me aconteceu, porque nesse meio tempo tive minha filha, que é quem me dá mais forças para essa luta! Estou em tratamento agora - 4 comprimidos de Virazole (Ribavirina) ao dia mais uma injeção de Interferon Peguilado por semana.

Tudo indica que fui infectada quando tinha oito anos de idade. Tive uma pneumonia causada por uma dessas superbactérias, precisei fazer uma cirurgia delicada, recebi transfusão de sangue e fiquei 42 dias hospitalizada. Os médicos disseram à família que minha chance de sobreviver era de 1%. E estou aqui - linda (modesta) e sem sequelas. Portanto, quando se fala que minha chance de curar a hepatite é de 40%, prefiro olhar com bom humor: 1% já me bastaria, porque, afinal, eu sou uma pessoa apenas!

E você? A hepatite faz parte da sua história? Você já teve ou tem a doença? Convive com alguém que tenha? Está passando por algo semelhante? Então compartilhe conosco!

43 comentários:

  1. Sou familiar da Flor. Passei em 1986 a dolorosa experiência de quase perder um familiar tão perto de mim. Ela realmente esteve no limite da vida e tão nova passou pelas angústias do quarto de uma UTI de hospital. Mas com a ajuda de amigos e familiares, e claro, de uma equipe médica especial, sobreviveu para a alegria de todos. E teve, a partir dali, uma vida em que irradia alegria e generosidade. Em 2005, uma nova surpresa desagradável, uma sequela invisivel de 1986: a hepatite c. Algo que parece incompreensível para todos nós e para ela, mas que está aí, nem se pode negar ou baixar a cabeça. Agora, ela já adulta, pessoa consciente, luta com todas as suas forças contra esse mal, mais uma vez apoiada por sua familia e amigos. Em meio a briga, levanta essa bandeira que é o Animando-C, uma fonte de ajuda para ela mesmo e muitos outros por esse Brasil e Mundo afora, tão carentes de apoio e informação. O que me torna cada vez mais orgulhoso de você. Siga em frente na sua luta que você sempre terá o nosso amor e apoio incondicional.

    ResponderExcluir
  2. Flor o seu blog é o maximo!!! Somos colegas de comunidades da Hepatite C (Roberta e Cueca, lembra?), o Edson tem o mesmo genotipo q. o seu, esta na 16 injeção e na 4 ele negativou o virus... é muito bom ter tantas informações sobre a doença, acho que todos deveriam se interessar..até os médicos...pq por experiencia propria ja vi q. tem varios q. nao entendem nada sobre a doença.... Flor parabens e bjos Ah, to louca p/ ver seu filme Roberta

    ResponderExcluir
  3. Tenho 53 anos, ha quatro anos confirmei que era portador do Virus C, antes um primo muito querido(na realidae um irmão mais novo pra mim) havia falecido aos 45 anos com a "assassina silenciosa". Ele ja havia insistido comigo pra que fizsesse os exames e eu durante algum tempo não me interessei, pois pensava que não poderia estar contaminado, mesmo sabendo que tinha tudo pra isso, pois se ele teve e nos faziamos parte d uma turma que compatilhavamos seringas com "glucoenergan", famosa na epoca por ser um tipo de energetico que tomavamos para jogar futebol(ficar mais ativo, não cansar) e beber cervejas(não embriagava com muita rapidez)que ridiculo. Em seguida varios amigos do mesmo circulo foram aparecendo contaminados e mais quatro faleceram nos ultimos anos. Resolvi então fazer os exames e so de conversar com o médico ele ja praticamente ja havia diagnosticado e confirmado que estava contaminado. Veio o resultado positivo e fiquei, mesmo ja esperando por aquilo, meio desnorteado, tenho cinco filhos, um ainda com 08 para 09 anos na epoca, pensava na morte e o que seria dali pra frente. Mas com o tempo e muitas dificuldades depois, muita humilhação pela discriminação(principalmente nos postos de atendimento do SUS) assumi a doença e fui a luta à procura de alternativas para sobreviver sem pensar no que viria depois, fiz o tratamento e não houve respostameu genotipo é o 3) e fibrose F4, mesmo asism nnão compreendi o por que, no inicio de não haver resposta pois achava que o genotipo 3 era mais facil de responder ao tratamento, fiz o retratamento seis meses apos o primeiro, por mais 48 semanas com Interferon Peguilado e Ribavirina(que so podia tomar duas drageas pois as minhas plaquetas eram muito baixas) e aí sim consegui negativar o virus. Foi uma festa, muita emoção de ter conseguido, agradecimentos a Deus não faltava de tanta alegria. Mas daí seis meses novo exame e pronto havia voltado tudo de novo. Fui la embaixo de novo e pior que meu medico a amigo de algum tempo me informou que agora não haveria mais tratamento disponível, e eu angustiado perguntava "mas e agora doutor"???, e ele "temos de aguardar novos medicamentos surgirem no mercado". Bom fazer o que então a não ser esperar. Eu como espírita procurei me resignar e levar adiante tentando compreender as leis divinas, que não me atentava muito a isso, tornei-me um verdadeiro trabalhador da casa onde frequento e cada dia mais me sentia melhor, encontrei pessoas maravilhosas, fui a congresso espírita que nunca imaginei que seria tão maravilhoso tambem, e praticamente me esqueci que estava doente fisicamente, passei por fluidoterapia duas vezes por semana e principalmente vi que so a pratica do bem, do amor, da caridade pode curar uma pessoa fisica e espiritualmente. Allguns meses depois resolvi fazer um exame por conta propria e quando vi o resultado não entendi muito (virus não dectado), cori ao médico e mostrei pra ele, que ficou estupefacto com o resultado nas mãos e deposi sorriu e me perguntou, onde voce "arrumou" esse resultado, e eu na bucha "Não me leve a mal Doutor mas tenho uma outra equipe medica cuidando de mim", ele não entendeu em principio, mas quando lhe falei do que se tratava, sorriu novamente e me disse "se está lhe fazendo bem, vá em frente", e assim retornei a minha vida normal e até hoje continuo meu tratamento em ambos. Esse meu relato é pra que todos que se sentirem desanimados e deprimidos por causa da doença, vejam que temos sempre uma saída pra qualquer que seja nossos problemas, desde que tenhamos fé em nos mesmos e principalmente em Jesus, que comprovadamente nunca nos abandona.


    Marcílio Barbosa dos Santos

    Piracanjuba-Goiás

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns pela sua história, Marcílio. É simplesmente maravilhoso quando encontramos pessoas que se deixam ser tocadas pelas mãos de Deus e nelas vermos os Seus milagres. Que Ele continue te abençoando.

      Excluir
  4. OI linda( vc é linda mesmo viu??)
    Tudo bem?
    Eu tinha hepatice c, estou negativada desde 2008...Fiz o tratamento de 48 semanas!!
    Genotipagem 1b, em dezembro fiz mais exames e tudo continua negativo, 99,99999999% de cura...
    Tambem trabalho no banco (PR), estou feliz por vc estar se cuidando...
    um grande abraço

    ResponderExcluir
  5. Olá!!
    A minha luta está apenas começando. Há menos de uma semana descobri que estou infectada com o vírus da hepatite c... Ano passado consegui passar num concurso e, agora, que fui convocada, descobri que sou portadora do vírus... Meu chão treme a cada momento que me lembro disso...

    ResponderExcluir
  6. oi estive em tratamento no ano de 2010 todo negativei os vírus...... agora completo seis meses sem medicamento .....fiz novos exames e espero ansiosa os resultados espero em DEUS que venha negativado

    ResponderExcluir
  7. Oi nova amiga! desculpe, mas ja lhe considero minha nova amiga!Tenho 61 anos e descobri em exames de rotina que fui "premiada"com esse maldito virus da hepatiteC.Ando bem triste e chateada com essa noticia e um de meus änjos"(tenho 3 filhos homens)pesquisando na internet encontrou seu blog e me passou...Li quase tudo e me sinto muito proxima de vc apesar de me envergonhar de saber que vc tao mais nova com tanta vida pela frente (que com certeza vai vive-la) demonstra tanta forca e atraves dessa forca ajuda a tantas pessoas na mesma situacao.Um beijo enorme,

    ResponderExcluir
  8. Vc.e um exemplo de amor ao próximo !!! Deus esta no comando e logo vc estará totalmente curada e sera muito mas muito muito feliz !!!

    ResponderExcluir
  9. Olá, boa tarde!
    Meu nome é Sandro, sou de SP. Como vcs a pouco tempo descobri que tenho Hepatite C. Gostaria de saber como obter algumas informações?
    Obrigado,
    sandross42@terra.com.br

    ResponderExcluir
  10. Tb estou convivendo com a hepatite C, só que quem está com ela é meu marido. Descobrimos a pouco tempo e vamos começar a batalha.
    Pretendo escrever tudo num blog tb.
    Que bom poder compartilhar experiências!

    ResponderExcluir
  11. Ola, minha filha encontrou o blog, achei muito legal, estou nessa batalha, em fevereiro iniciio o tratamento, estou muito confiante!! vou acompanhar o blog todos os dias, beijos

    Clair De lima


    Gauchaaa tche

    ResponderExcluir
  12. oi flor eu tambem passei por isto mas graças a DEUS negativei os virus .fiz tratamento no ano de 2010 agora faço exame de controle .estou trabalhando tenhom vida normal .mas quero agradecer,pois os dias que me sentia mais desanimada lia seu blog e isto me ajudava muito obrigada .QUE DEUS TE ABENÇOE

    ResponderExcluir
  13. Olá Flor.
    Obrigada pela sua coragem.
    Não estou infectado com Hepatite C, mas conheço uma Amiga (CBV)com genotipo 1.
    Está a fazer o tratamento há 4 meses e tem passado mal, com todos os efeitos colaterais que já foram aqui descritos.
    Mas o grande problema são as plaquetas que baixaram muito.
    Estou a fazer o possivel para a animar, dando-lhe o maior conforto possível, amor e carinho, pois tenho a certeza que tudo isso irá contribuir para a sua cura.
    Irei dando notícias.
    VF

    ResponderExcluir
  14. Oi, vi seu documentário na internet. Não sou portadora, mas meu amado marido de 18 anos de amor intenso está. Meu mundo caiu, meu mundo desabou...
    Rogério precisou de uma transfusão de sangue em 1975, aos 2 anos de idade e no inicio de 2012 descobrimos, inteiramente por acaso, que ele é portador da hepatite c. Rogério operou na data acima de rim, precisando tirar o mesmo com problemas. Em uma tomografia para ver como estava o rim o radiologista detectou problemas no fígado e baço... estava com esteatose. Como ele nunca bebeu, nunca fumou, sempre teve a vida super regrada, o médico desconfiou da tal operação infantil. Não deu outra: hepatite c.
    O exame dele está assim:
    genótipo 3, subtipo A
    carga viral: cerca de 15.000.000UL/ml
    biópsia: A1 F1
    Ou seja, o médico do plano de saúde, excelente por sinal, pois desconfiou logo da hepatite c por causa da esteatose, nem tentou entrar no protocolor do sus. Ele é jovem e muito antenado com as coisas, disse que seria inútil e humilhante tentar agora. Meu marido ficou revoltadíssimo, ainda mais que a próxima biópsia do sus foi marcada para 2015. Ou seja, provavelmente estará bem pior o quadro. Mas estamos tentando levar a coisa pelo lado positivo: vamos deixar o sofrimento para a época certa e quem sabe, até lá não surgirão novos medicamentos....
    Com isso tudo, cheia de dívidas ( compramos nossa sonhada casa) e com essa doença maldita nas costas, precisei de ajuda. Procurei psicólogos... está surtindo algum resultado.
    Gostaria que vc entrasse em contato comigo, tambem sou pedagoga. rosimar.rosilima@hotmail.com

    ResponderExcluir
  15. Ascite com possibilidade de cirrose após tratamento onde vírus ñ foi detectado em 3 meses de tratamento q durou 6 meses? Exames de sangue ok apenas uma anemia decorrente do tratamento e na última semana de tratamento ( apenas pra seguir protocolo de 6 meses, pq como disse em 3 meses negativou ) início de uma ascite? Edemas nos pés? Alguém pode me ajudar? Ainda tenho o fim de semana pra me preocupar e chorar pq é essa a situação de minha mãe....Abraços.

    Marcia Martins
    mmsm9@ig.com.br

    ResponderExcluir
  16. Poxa Flor adorei seu blog, vc está de Parabéns pela iniciativa. Meu nome é Ricardo e ao final do ano passado tive diagnóstico detectado do virus. Assim como qualquer outra pessoa fiquei bastante assustado também por não entender exatamente o que eu tinha. Minha contaminação se deu devido a uma transfusão de sangue que tive que fazer pelo fato de ter nascido prematuro e necessitar do sangue a exatos 30 anos. Bom como o vírus já estava em meu corpo não iria adiantar nada ficar chorando pelos cantos, agarrei firme a cruz e começei passo a passo o processo para dar incio ao tratamento do vírus do qual já me encontro 4 mês. Nos primeiros meses não foram nada fácil pois realmente os efeitos colaterais devido os medicamentos nos deixa bem debilitados mas nada que me fez e nem fará desistir de assumir está cruz que infelizmente assim como vc fui um dos escolhidos a também lutar pelo bem mais precioso que temos que é a nossa vida. Olhando seu post sobre o medo de tirar sangue naturalmente recordei-me de mim nos laboratório que no qual todo sagrado mês estou lá firme, forte e corajoso para receber a agulhada coisa que eu também tinha um´pouco de pavor pois assim como no seu caso tenho minha veia muito fina dificultando a coleta. tem um certo grau de dificuldade para ser encontrada então vc já deva imaginar que furo para tudo quanto é canto de meus braços heheheheh. E assim já com esses 4 meses de tratamento ácabei me acostumando as agulhadas, criei corajem para olhar no momento da coleta, as dores da agulhadas coisas que antes não fazia. Ficaram fichinhas pra mim, uma coisa boa que hepatite me trouxe, tirar o medo das agulhas. Vejo isso como as estações que preciso fazer para carregar a cruz afinal ninguém que prometeu que seria fácil mas também que não era impossível, de 7 cabeças. Bom acho que é isso deixo aqui mais uma vez meus cumprimentos pelo blog na esperança que este nosso "calvário" seja o mais breve terminado e assim como nosso Deus que se fez humano e abitou entre nós proclamar a vitória de Deus em nossas vidas.

    Ricardo Cassiano
    Votuporanga-SP

    ResponderExcluir
  17. Oie Flor,obrigada pela força que tem dentro de vc,realmente vc é uam pessoa iluminada por Deus...No mês de Maio/2010,engravidei e tive que fazer os exames,qdo me deparei com a hepatite C,confesso que chorei muito e qtas noites passei sem dormir com as preocupações do que essa doença poderia me fazer...Mais Tenho um Deus maravilhoso,que tem cuidado de mim,minha grávidez foi tranquila,apesar de nos sexto mês ter tido uma coceira terrivel,mais coisas de 20 dias mais ou menos,logo depois se passaram,em janeiro o meu nene nasceu,lindo e perfeito pela honra e glória de Deus,como descobri essa doença na minha gravidez não foi possivel fazer nada,agora depois de 3 meses do nascimento do meu filho,ja passei com minha infectologista e ja começaram-se os exames pra ver como esta,estou confiante em Deus,sei que ele fará o melhor por mim e por todos vcs,essa é minha oração.Agora o meu bebê vai ter que fazer o exame tbm,mais sei que Deus ja fez o milagre na vida dele,pois foi com a noticia que ele estava dentro de mim,Deus fez o milagre em minha vida de eu descobrir essa doença,da qual nunca imaginava que estava dentro de mim.Agora é ter força e fé pra que tudo de certo e que meu tratamento consiga obter os melhores do resultados...Hepatite C negativado!!!...Peço que orem em favor de meu filhinho,pra que tudo de certo.Orem em favor de mim,para que eu tenha força nessa etapa de minha vida...ainda não sei se precisarei de tratamento,estou no aguardo dos resultados,mais Deus Ja sabe do que preciso e é nas mãos dele que deposito toda a minha necessidade e confio nele que o mais ele fará.gde beijooo e continue nessa luta que tenho certeza que vc vencerá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ... também sou portadora do virus e infelizmente a minha filha também adquiriu em transmissão vertical (na gravidez), a luta é ardua mas sempre otimista e perseverante, as vezes caimos mas logo saimos dessa situação afinal, quanto mais a valorizamos ela se fortalece. Precisamos ser fortes, pois acima de tudo Deus está sempre do nosso lado, e nossos filhos precisam 100% de nós.

      Excluir
  18. Oiiii flor, meu nome é Veridiana, tenho 30 anos, não sou portadora do vírus e não conheço ninguém ke seja no momento, achei seu blog peskisando sobre a vacina da Hepatite A, pois minha filha tem 10 meses e precisa tomar com um ano, e me peguei lendo suas páginas e todos os comentários, o ke me deixou com dois sentimentos muito diferentes, primeiro fiquei com o coração apertado e com dó de todas as pessoas ke relataram sobre a doença, depois mesmo de coração apertado, fikei feliz de ler tudo isso, e de ver ke tem tanta gente lutando a cada dia por viver melhor, me fez analisar minha vida toda, pois como vc deve saber, reclamamos muito de coisas ke não tem importância, e quando descobrimos uma situação nova e realmente difícil de passar vemos ke o ke passamos é pekeno e pode ser resolvido, estou aki na torcida por cada pessoa ke deu seu depoimento aki nesse blog e colocando mais um montão de pessoas nas minhas orações, acabei de aprender muito sobre essa doença ke mal sabia da existência, e desejo a todos a conquista ke estão buscando, parabéns pela coragem e força ke vc tem e pelo presente ke Deus te deu ke foi sua filha, ke Deus abençoe, ilumine e proteja teus caminhos, e ke vc continue ajudando tanta gente ke desconhece essa doença, mil bjos

    Veridiana Bonato
    São José dos Pinhais-Paraná

    ResponderExcluir
  19. Boa noite, Estou ciente de possuir o virus da hepatite c, pois recebi transfusão em 1984 e agora em fevereiro de 2012 o resultado foi positivo não tenho nenhum sintoma ainda e estou fazendo exames com possibilidade de realizar a biopsia, porem a médica me disse que haverá novos medicamentos em 2014 e que devo aguardar. Por favor vc sabe alguma coisa sobre novos medicamentos esta informação que tenho é relacionada a médicos da Unicamp. Pode entrar em contato comigo airtonaguas@ig.com.br

    ResponderExcluir
  20. Bom dia a todos, entrei no site por ter pensadoem liquidificar o arroz e agradeco pela confirmacao.Gostei do blog e resolvi postar,espero que meus comentarios sejam de proveito.Fui casada,agora divorciada do dito,o mesmo quando o conheci era viciado,ate em doar sangue(desculpem,nao me contive),continuando,em 1998, precisei de me operar,porem,teria que ter reservas de sangue,caso fosse necessario uma transfusao, assim sendo,precisei que pessoas me doassem sangue e o meu ex marido doou,onde veio a surpresa, o sangue dele havia sido reprovado por ser portador da hepatite c, fiquei super preocupada, corri com ele para o Sus, feito novo exame, a medica sugeriu que comecasse o tratamento de imediato, meu ex nao o fez.O tempo passando,percebia nele um certo desconforto,mas,nao se animava em comecar o tratamento.Certo dia liguei a tv e em um desses programas de entrevistas,acompanhei o relato de um rapaz que nao conseguia parar de fumar e pra meu total espanto, o tratamento dele era urinoterapia,me deu ate nauseas na hora,mas,continuando,o medico relatou que muitas outras doencas poderiam ser tratadas e ate mesmo curadas bebendo sua propria urina,hotas depois,meu ex marido chegou em casa,contei a ele sobre a entrevista e petguntei se ele teria coragem de beber sua propria urina,acreditem,ouvi um sonoro"sim",nao petdi tempo,ele entrou pro banho,levei um copo pro banheiro,ele fez como foi ensinado na tv,por meses, creiam fez o exame depois e deu uma marca,nao me lembro bem,mas o medico disse que ele nao precisaria se medi ar,mas nunca mais doar sangue.Bjs e fiquem com DEUS.

    ResponderExcluir
  21. bem eu tenho hepatite c e nessa semana peguei o resultado da inha primeira biopsia e o resultado super bom deu f0 e grau 1 de inflamaçao ,flor a minha médica disse que nao épreciso eu fazer o tratamento agora ,vc como tem mais conhecimento sobre o assunto oque acha? vou te deixar meu email danimara77@hotmail.com ,se comunique comigo bjus

    ResponderExcluir
  22. oi ana meu nome e sandra descobri que tenho hepatite c em 2005 pois agora vou ma tratar ganhei na justiça o telaprevi vou usar junto com interferon ea ribavirina confesso estou com medo se vc pudesse entrar em contato comigo ficaria muinto feliz meu email e´sandra loira regina @ hotmail.com estou tomando coragem lendo o seu depoimento

    ResponderExcluir
  23. Oi Ana,
    Me chamo Priscila, e fiquei sabendo do seu blog através de um casal amigo de meu pai, Marcos e Mara que residem em BSB. O Marcos que me passou seu endereço, e agora estou aqui para contar um pouco de minha história também.
    Nasci em janeiro de 1978 aos 6 meses de gestação, passei 3 meses na incubadora e nesse meio tempo recebi várias transfusões de sangue e com elas o vírus da hepatite C também.
    1 , sem fibrose. Após uma burocracia,consegui o tratamento pelo SUS, interferon ( 3 x na semana) e ribavirina 4 comprimidos ( 2 vezes ao dia)...Carga viral início do tratamento : 445.000.
    Após 2 meses e meio, tive que interromper o interferon devido aos efeitos colaterais e alterações no hemograma, porém prossegui com a ribavirina até fechar 6 meses de tratamento. Ao término dos 6 meses carga viral de 225.000, sem chances de retratamento, devido à baixa carga viral solicitado pelo SUS.
    E se passaram 10 anos, e esqueci a função de hepatite, vírus....até que resolvi tentar novamente e ver a quantos andava o "bichinho"lá dentro...Em março desse ano, reiniciei o tratamento, agora com o interferon peguilado e a ribavirina.
    Resultado da biópsia: A2 F3 .

    ResponderExcluir
  24. Oi flor gostei muito de tudo o que voce tem mostrado em seu blog ele nos ajuda muito nos da forças p continuar nas vsperas de meus 53 anos recebi a bomba da hepatite c ainda to no escuro pois nao tenho certeza de nada pois os exames complementares ainda nao chegou apesar de repetir por 3 vezes e dar positivo ainda tenho a esperança de nao estar tao grave Deus que me ajude pois tenho muita fe,e vejo como voce e forte Deus te abençoe e te muita força espero que voce esteja melhorando cada dia mais blos Ivone

    ResponderExcluir
  25. oi flor meu nome é ivan sou de minas gerais, sou portador de hepatite c desde 2009, estou perto de iniciar tratamento com boceprevir, ascesei seu blog hoje pela primeira ves e gostei muito ja adicionei aos meus favoritos, fiquem com Deus saude, paz e alegria a todos.

    ResponderExcluir
  26. Oi Flor! Parabéns pelo seu trabalho quando vi seu blog amei de cara e sempre aprendo muito com vc! Meu nome é Crisna e estou no ultimo mês de tratamento, não tive tantas reações ao medicamento graças a Deus e estou acreditando demais na minha cura! Quando eu terminar meu tratamento eu volta para contar a todos vocês, temos tantas coisas em comum, entre elas, descobri também a hepatite com 27 anos!Continue com este trabalho maravilhoso assim como vc me ajuda, tenho certeza ajudará muita gente também !! Um beijão

    ResponderExcluir
  27. oi flor torno a escrever sobre mim depois de 6meses comecei o tratamento com muita reaçao chorei muito pois as dores que senti foram terriveis mas como Deus nao falha hoje estou melhor,nao sera facil batalha mas como sou guerreira sei que vou vencer pois se nao acreditar nao havera remedio que de resultado.MAS agradeço esse se blog que ta me dando força obrigada por sua coragem e alegria que voce nos passa. daqui algum tempo torno a escrever como esta meu tratamento.bjos

    ResponderExcluir
  28. Parabéns pelo Blog e o apoio psicologico!!!

    Peço desculpas pelo meu relato.

    Terminei meu tratamento da Hepatite C dia 13/12/2013 depois de um ano me "entupindo" de interferon e ribavirina. Felizmente dois exames de carga viral negativada... agora é ver se isso se sustenta.

    minha opinião pessoal sobre o assunto (é a opinião de alguém deprimido; desconsiderem): Extremamente descrente nos fármacos modernos; passei todos aqueles efeitos colaterais descritos no bulário e mais alguns omitidos pelo fabricante do medicamento e pelos médicos... alias os piores.

    Todavia não me curvo, o bom Gaúcho (o nato, não o que imita) olha de frente pro temporal e coloca até mesmo a desgraça em poesia...

    Desencilhei a esperança
    Tirei o pala e a espora...
    E largeui a campo fora
    Meus ideais de criança.

    Se perderam nas esperas
    Das promessas esquecidas,
    Na fala de falsos qüeras,
    Na chaga de vis feridas.
    Se perderam nos enganos,
    Nos sonhos, desilusões,
    Na falsidade dos planos,
    Nas pobres conspirações.

    Me passa um mate, parceiro,
    Que esta noite vai ser longa,
    No bordão desta milonga,
    No calor desse braseiro.
    Amigo, me manda um trago,
    Que um gole de canha pura
    Me amansa essa amargura,
    Me serve de companheiro.

    Quem sabe um sonho bonito
    Ganhe a garupa do vento
    E se achegue, "despacito",
    No coração de um rebento.
    Quem sabe, dia mais dia,
    Rebento não mais rebento
    A mágoa dê rédeas ao tempo
    Na cancha do sentimento.
    Quem sabe renasça a crença,
    Como forma de oração!
    A fé, num simples sorriso...
    A paz, no aperto de mão.


    Poesia de Leo Almeida
    Título - Desalentos

    ResponderExcluir
  29. oi querida!gostaria de saber uma coisa eu tmbm passo pelo seu mesmo tipo de HCV , tenho um sonho de ser mãe mais tmbm eu tenho ovarios policisticos e tenho q tomar indutor de ovulação dai eu comprei o indux e quando li na bula dizia q pessoas com insuficiencia hepatica não pode tomar,oq vc acha eu não posso tomar mesmo.liguei para meu infectologista mais ele esta de ferias e estou anciosa para tomar ,pois eu ja tenho 33 anos e quer ser muito mãe,agradeço pela sua atenção espero sua resposta logo.bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compreendo sua ansiedade para tomar logo esse remédio! Mas, sinceramente, eu esperaria o retorno do infectologista para conversar sobre o assunto. Eu não tomo medicamentos sem a autorização do infecto. Isso é muito sério. Você já esperou tanto tempo
      ... não é mais um mês que fará diferença no final.
      Boa sorte!! Bjs

      Excluir
  30. Oi estou fazendo tratamento com Sovaldi + Interferon + Ribavirina. Comecei o tratamento dia 8 de março e até agora não tive nenhum efeito colateral, nem enjoos, apenas uma gripe. Será que tem alguem fazendo tratamento com Sovaldi.

    ResponderExcluir
  31. Bom dia! Como você, Ana Flor fiz o tratamento com o interferon e ribavirina, havia negativado, foi de 48 semanas meu tratamento. na segunda coleta de sangue uma surpresa: positivo... Fiquei sem chão... tanto sofrimento p nada..mas crendo que Deus era comigo,é, Hoje dia 21 de março de 2014 estou ate agora lendo seu blog, pois não consegui dormi pela segunda noite consecutiva, pois retomei o tratamento, agora com telaprevir... muita coceira em todo o corpo... dores... cansaço... náuseas...(aff).... esta difícil... mas sei que com fé em Deus conseguirei...iniciei o tratamento no dia 25 de fevereiro de 2014...vou para 5 semana... já foi prescrito dois antialérgicos para inibir esta incomoda( e põe incomoda nisso) coceira..semana que vem(depois do dia 24 de março) vou fazer a primeira coleta de sangue... vamos esperar para ver...
    Seus depoimentos me fizeram sentir-se muito bem.. Eu ainda acredito...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredite!
      Força, vai passar e em breve estaremos todos curados.

      Excluir
    2. Obrigado Ana Flor... Amanha dia 27/03/2014, vou coletar exames e passar com a infecto, ela ira prescrever outro medicamento, já que meu organismo não reagiu muito bem ao telaprevir... Assim que tiver um resultado volto a postar aqui... Força para nós.. Deus nos abençoe...

      Excluir
  32. Boa Tarde Ana!

    Acabei de conhecer o seu blog! Achei muito legal!
    Muito legal tambem toda a sua disposição de tempo e energia com esse assunto!
    Ja tinha ouvido falar sobre, porem nunca havia me importado.
    Mas a partir de hoje, descubri que ele vai fazer parte da minha vida. Não sei por quanto tempo!
    Mas é isso ai! Vamos a luta!
    Força e abraço!

    ResponderExcluir
  33. Ola flor!

    Meu nome é Natalia, descobri que possuo hepatite c através de uma doaçao sanguínea, provavelmente quando nasci em uma transfusao por nascer prematura, hoje tenho 29 anos e amanhã refaço meus exames de controle, tenho tb genotipo 1b F2... Fiz tratamento por 48 semanas onde fui negativada. Confesso que essa semana foi meio complicada, a depressão está batendo forte de imaginar que o pcr pode dar positivo de novo. Aprendi muita coisa sobre hepatite, hoje chamo de anjo uma medica que apareceu na minha vida, muita gente despreparada na área e sem conhecimento, continuo na luta, espero que dê tudo certo essa semana...belo trabalho flor...nos dá força e o principal: sabermos que nao estamos sozinhos :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Natália! Obrigada pela visita e por compartilhar o sucesso de seu tratamento conosco. Pensamento positivo! O vírus NÃO há de voltar!! :)
      bjs

      Excluir
  34. ola ! tenho 42 anos e hepatite c ! posso fazer uma cirurgia no coração mesmo com a hepatite .

    ResponderExcluir
  35. Flor gostaria de te agradecer ,pois qd fui diagnosticada meio que me desesperei vim na net buscar orientaçoes já que sabia que o tratamento não seria fácil, meu médico foi um anjo enviado por Deus ,qd encontrei seu blogue e encontrei uma experiencia real porém otimiSta me ajudou a superar o medo ganhar confiança e após um ano de tratentortar com inteferon e Ribavirina msm com uma fibrose grau moderado e uma carga viral altíssima eis o resultado positivo no final adeus vírus Tchau tchau problema alcancei a cura ,todos que ainda estão iniciando o tramamento vença os medos enfrentem os efeitos colaterais vale a pena ganhar uma nova oportunidade para valorizar ainda mais a vida é td q há nela vcs irão conseguir estarei na torcida por tds bjos

    ResponderExcluir

Oi! Que legal que vc vai escrever alguma coisa! Assim, vc ajuda a "dar alma" ao blog.
Gostou? Não gostou? Quer dar sua opinião? Acrescentar mais alguma coisa? Compartilhar sua experiência? Será muito bem-vindo!
Um abraço!


PS: Fique atento que os comentários são indexados pelo Google. Portanto, se você quiser permanecer anônimo, não comente usando sua conta do Google, mas sim como "anônimo" ou com um nome fictício, ok?